09/10/2010

não tenhas medo

se tropeçar, receosa, nos teus ramos,
não te recolhas à terra sem mim.
não tenhas medo, eu estou aqui.
enlaça-me nos bagos que me sorris
e ensina-me como se semeia um sol.

2 comentários:

hfm disse...

Belíssimo, Joana. E saudades tuas.

JRL disse...

Obrigada, Helena. Um beijo.